7 passos que farão você encontrar o quarto ideal para morar

por Otávio Piazzi
0 Comente
Alugar quarto em Londres

Pois bem amigos, Otávio Piazzi de volta aqui na quebrada e hoje eu vou te ajudar com uma parada muito importante e que fará uma grande diferença na sua vida.

Baixe gratuitamente o guia com 3 passos simples para entrar no mercado de trabalho na Inglaterra.

Como alugar um lugar um quarto em Londres. 

Então é o seguinte, pra introduzir de leve…. aqui em em Londres a maneira mais rápida e digamos econômica pra morar é no regime de flatshare

O que nada mais é que dividir a casa ou apê com outras pessoas, que serão seus flatmates, roommates e por aí vai.

O aluguel aqui é uma pedrada na cabeça, então até os próprios ingleses costumam morar dessa maneira.

Por mais que seja relativamente mais rápido, mais fácil e mais barato de se conseguir moradia assim você precisa ficar malandro na sua escolha, porquê pode dar ruim. Então se liga nas dicas aí embaixo pra você não cair em ciladas.

Sem mais xurumelas portanto, vamos nessa!

1 – Sites

alugar-quarto-em-londres

Vamos começar do começo, como você vai achar um lugar pra morar?

Os lugares mais rápidos e práticos são os sites de anúncio, como por exemplo:

  1. Spareroom
  2. Zoopla
  3. Easyroommate
  4. Rightmove
  5. Gumtree

Nesses sites você vai encontrar bastante coisa e a dica primordial aqui é, leia bem a descrição.

Veja sobre as exigências, contrato mínimo e contrato máximo, se é mobiliado ou não, os valores de taxas e depósitos, pormenores como por exemplo se a casa aceita fumantes, gente pelada andando na casa, pets e afins. 

Pegue o máximo de infos que você puder.

Outra coisa, esqueça anúncio sem fotos. Até porque mesmo os anúncio com fotos podem ser enganosos, e eu te explico porquê.

Certa feita eu olhei um quarto lindo, passou no meu crivo em todos os aspectos e já marquei a visita empenhado em fechar negócio. Chegando lá era um muquifo porque as fotos foram tiradas logo depois da reforma anos atrás.

Então toma cuidado. Jamais feche negócio sem visitar o local e conversar com o Landlord – que é a pessoa que aluga e cuida da casa, ou até mesmo com o agente da imobiliária.

Muita gente faz isso ainda no Brasil e o que acontece? FERRO NA BONECA!

Mas por quê? Porquê aqui a maioria dos negócios só são fechados mediante o pagamento de um mês de aluguel adiantado e mais um depósito, que é tipo um valor de segurança que fica guardadinho, e se não der nenhuma merda – tipo você estragar alguma coisa no quarto, quando você sair você pega essa grana de volta.

Por conta disso, diversos brasas no impulso tem tomado o cano. Rolam muitos estelionatos dessa natureza por aqui. Você escolhe o lugar, fecha o negocio manda lá um mês de aluguel, o depósito e o cidadão some no mundo com seu dinheiro. 

LEMBRE-SE, TODO CUIDADO NESSA ETAPA É POUCO.

2 – Local

quartos-para-alugar-em-londres

Pra você entender melhor é importante destacar que Londres é divida por zonas.

Zonas 1,2,3,4,5,6 – ate onde tem linhas de trem, seguindo pelas zonas 7,8 e 9. Quanto maior o número mais distante do centro. Logo a zona 6 por exemplo é bem longe do centro que é a zona 1. 

Então o que você precisa ter em mente? Não adianta morar na zona 4 por conta do valor mais em conta do aluguel – que é mais barato e trabalhar ou estudar na zona 1, porquê você vai acabar gastando muito com transporte, que aqui em Londres diga-se de passagem é um soco no baço.

Então fica malandro(a) e calcula tudo direitinho pra não fazer uma economia burra.

Ah Otávio, mas eu não sei onde eu vou trabalhar ainda me ajuda… procura algo na zona 2, no máximo zona 3 que é sucesso. É provável que você encontre algo que te atenda no início. 

Outra coisa, leve também em consideração seu estilo de vida, se curtir sair bastante não é boa ideia morar longe já que a maioria da porradaria ocorre na zona 1 e 2, seu rolezeiro(a)! risos

3 – Mobilidade

mobilidade-londres

Mais uma coisa muito importante é a mobilidade do local onde vai morar. 

Quando estiver pesquisando, veja se o local possui estações de metrô e ônibus por perto. 

A dica aqui é, se o tempo da sua jornada pra onde você precisar ir, trabalho ou escola, demorar mais de 40 minutos ou você precise trocar mais de 2 vezes de linha, sua commute – ou jornad,a está demorando muito.

Dá pra melhorar isso pra economizar seu tempo e ser menos estressante pra você, acredite. Além disso dá pra planejar melhor e evitar os horários de pico, que é um ótima ideia, porquê o horário de pico aqui em metro e ônibus, VIXE MARIA.

4 – Suprimentos

aldi-london

Fique malandro(a) também com as facilidades que você precisa ter perto de casa. 

Supermercados – falo sobre os mais baratos nesse post aqui, vendinhas, farmácias e afins. É primordial que você tenha fácil acesso porquê no caso do mercado por exemplo você não vai ficar querendo carregar sacolas mil numa viagem gigante entre o mercado e sua casa, ou vai?

Facinho arrebentar sacola e rolar laranja explodir garrafa pet. Triste quando acontece isso.

5 – Infraestrutura

banheiro-londres

Beleza, achou um quarto legal, em um lugar bacana? Fica atento a infraestrutura que a casa vai oferecer. 

Suponhamos que a casa tenha lá de 8 a 10 pessoas(não se espante com o número, isso é normal aqui). 

Veja se a casa tem no mínimo 2 banheiros, pode ser que um chuveiro apenas, mas no mínimo dois vasos sanitários, a famosa louça,  pra fazer aquele cocô suavão.

Outra coisa é a cozinha, tem que ter um tamanho razoável e também pelo menos dois fogões pra nas horas de pico ninguém ficar esperando outro fazer aquele arroz com pequi, isso é escroto. O pequi no caso…

Lavanderia com uma máquina de lavar e uma de secar é o mínimo também. Outra coisa bastante importante é verificar os aquecedores da casa, normalmente que está alugando não comenta que o negócio não tá funcionando e você fica passando frio um tempão até arrumarem.

6 – Housemates ou roommates ou whatever

cuidado-com-os-housemates

Aqui um ponto fundamental para o seu bem viver. 

Pergunte ao Landlord ou agente imobiliário sobre as pessoas que moram na casa, porque isso costuma dar muito ruim. 

Por exemplo, se você curte festejar, fazer churrasco, ouvir som no talo e cair numa casa que tem família, casal e ou crianças, adivinha só? TRETA!

Ou mesmo o contrário, você e sua esposa por exemplo mudarem pra uma casa cheio de jovens trakinas e festeiros… vai dar porradaria né não? Lambida no pescoço e tal…

Então tente conhecer o perfil das pessoas antes de mudar pra não virar dor de cabeça na sua vida que já não está nada fácil.

7 – Fechando o negócio

alugando-quarto-em-londres

Antes de bater o martelo, é importante verificar também se no aluguel estão inclusos contas como internet, luz, o que normalmente acontece, mas não é uma regra. Já morei em casa que eu tinha que pagar a minha internet, um custo a mais e desnecessário.

Então maravilha! Passou por todos os pontos anteriores e achou um lugar bom e que atenda esses requisitos?. Fecha logo, aqui em Londres não tem tempo pra ficar pensando demais.

Do mesmo jeito que uma hora fica disponível, na outra hora já não está mais. Então se o coraçãozinho bateu forte, manda V.

Pronto, então é isso. Fica ligeiro(a) aí nessas dicas que vai dar bom pra você, te garanto! 

Qualquer dúvida é só deixar aí nos comentários ok!?

Até a próxima!

 

Baixe gratuitamente o guia com 3 passos simples para entrar no mercado de trabalho na Inglaterra.

Deixe um comentário

cinco − 5 =

você pode gostar